Trabalhos para freelancer: saiba como encontrar as melhores oportunidades

Você sabia que a procura por trabalhos para freelancer aumentou bastante desde 2020, período da pandemia? Em meio à crise causada pela covid-19, essa foi uma solução que diversas pessoas acharam para fazer renda — e que, para muitos, veio para ficar.

A boa notícia é que a demanda por serviços autônomos também cresceu, o que torna o trabalho freelancer uma realidade muito presente hoje em dia. Porém, por ser algo com crescimento recente, muitas pessoas ainda têm diversas dúvidas sobre o mercado.

Saiba vender qualidade e não preço para encontrar trabalhos para freelancer

Está iniciando no mercado freelancer e ainda não sabe como encontrar as melhores oportunidades? Estamos aqui para ajudar você a conseguir trabalhos para freelancer com algumas dicas práticas que vão desde a forma de vender o serviço, passando pela maneira ideal de fazer anúncios, até a necessidade de emissão de nota fiscal. Acompanhe todas essas informações a seguir.

A ideia de vender qualidade e não preço é o mesmo que você vender o valor do seu trabalho, isto é, oferecer ao cliente um bom serviço que trará resultados e benefícios para ele. Sendo assim, ao divulgar seu trabalho, você tem o desafio de educar os potenciais clientes a fim de que eles vejam o porquê de contratar o seu serviço. É um ato de convencimento: convencer a pessoa de que ela precisa do que você oferece.

Após isso ser feito, o preço do seu trabalho já não é mais um empecilho, já que o cliente verá valor no que você faz, ou seja, saberá que se trata de um investimento que vale a pena.

Como autônomo, você deve se tratar como uma empresa como qualquer outra, trabalhando, então, seu posicionamento de marca. Ao saber se posicionar bem no mercado — mostrando como funciona seu trabalho, quais conhecimentos você tem e como eles ajudam sua persona, além de seus diferenciais —, você passa credibilidade. Isso, inclusive, faz você ser procurado pelos clientes, independentemente do seu preço.

Então, para colocar em prática isso, veja algumas dicas essenciais a seguir.

Conheça bem seu serviço

Principalmente no começo da carreira de freelancer, muitas pessoas começam a oferecer o serviço sem entender muito bem para que ele servirá, só fazendo o que os clientes pedem que seja feito. Isso porque existe uma demanda por profissionais iniciantes e sem experiência, pois é algo que reduz o preço para o contratante.

Mas, se você quer expandir as oportunidades e oferecer valor na hora de abordar novos clientes — os quais, se interessados, pagam melhor —, é preciso conhecer e saber explicar muito bem seu serviço, mostrando todos os pontos positivos e os diferenciais dele. Assim, você também consegue lidar com as objeções dos potenciais clientes.

Conheça bem seu público-alvo

Além de conhecer muito bem seu serviço, saiba as características do seu público-alvo, a fim de entender qual é a definição de valor para ele, ou seja, quais são os problemas/as dores que ele tem e como você pode ajudar a resolver. Assim, você consegue oferecer seu serviço de forma a mostrar que ele é indispensável para o cliente.

Ademais, é interessante criar uma persona — sim, você precisa usar estratégias de marketing para divulgar seu trabalho, ou seja, sua marca. Ela ajudará no conhecimento de em quais canais você consegue achá-la para conseguir oferecer seu serviço. 

Lembrando que a Rotamáxima Partners facilita para você esse caminho até o cliente, possibilitando que você faça anúncios e o contratante chegue até eles, achando seu serviço por meio da plataforma. Com isso, você tem seu esforço de busca por clientes acelerado, mas lembre-se de caprichar no seu anúncio.

Sendo assim, agora que você já sabe algumas informações úteis para utilizar na hora de oferecer seu serviço, vamos entender um pouquinho mais de como anunciar na Rotamáxima Partners e conseguir as melhores oportunidades de trabalho para freelancer.

Entenda como fazer o seu anúncio e ser aprovado na Rotamáxima Partners

Para criar um anúncio na Rotamáxima Partners e conseguir trabalhos para freelancer, você precisará inserir o título do anúncio, a descrição e o valor do serviço, o prazo de entrega, além de poder incluir serviços não inclusos e condições. A seguir, veja algumas dicas de como usar esses campos da melhor forma.

Coloque fotos de qualidade

trabalhos de freelancer, Trabalhos para freelancer: saiba como encontrar as melhores oportunidades

A foto do anúncio é a primeira coisa que chama a atenção quando um cliente procura alguma solução na plataforma, além de funcionar como seu portfólio dentro dela. Sendo assim, é claro que esse é um fator preponderante para que ele escolha você e, se ela estiver ilegível ou algo do tipo, não causa uma boa impressão nem é útil para o contratante. 

Para que seu anúncio seja aprovado na Rotamáxima Partners, certifique-se de colocar uma foto (ou mais) de qualidade nele, que tenha relação com seu serviço e mostre um pouco do que você faz.

Coloque uma descrição completa

A descrição é o local em que o cliente confere se o que você oferece é o que ele precisa. Além disso, ela funciona como uma espécie de combinado prévio com ele, já que ele saberá exatamente o que esperar da sua entrega. Assim, é preciso que ela seja bem específica e detalhada, para que não haja desentendimentos após o fechamento da negociação. 

Por exemplo, suponhamos que você trabalhe com textos para blog, mas não preste o serviço de seleção de imagens nem de postagem no blog, e o cliente estava esperando que você os fizesse porque não havia informações sobre isso na descrição do anúncio. Para evitar esses contratempos, é preciso investir na sua descrição a fim de ter seu anúncio aprovado.

Coloque-se no lugar do contratante

Como citamos no tópico sobre vender qualidade e não preço, você deve ter em mente de que o contratante precisa, para mostrar como seu serviço resolverá o problema dele. Além disso, é interessante pensar em quais informações ele gostaria de ter no momento em que está procurando prestadores de serviços e fazendo comparações. Quais informações são essenciais para que ele possa colocar tudo na balança e fazer uma escolha? Pense nisso de acordo com sua área de atuação.

Monte seu anúncio na Rotamáxima Partners de forma atrativa

Seguindo a linha de raciocínio do nosso primeiro tópico, no seu anúncio, é importante que você venda seu serviço de forma a agregar valor a ele. Isso pode ser feito por meio do campo em que você insere suas experiências, por exemplo.

É fato que falar para o cliente que você sabe fazer algo que trará benefícios a ele é muito fácil, por isso, muitos contratantes vão querer que você mostre como aprendeu, onde já aplicou, entre outras coisas. 

Assim, capriche no relato de suas experiências — sempre de forma objetiva —, citando sua formação, suas certificações na área e os clientes grandes com quem já trabalhou (se for permitido mencioná-los), por exemplo. Além disso, pode-se usar gatilhos mentais para chamar a atenção do contratante ao anúncio e conseguir mais oportunidades de trabalhos para freelancer.

Qualifique-se para o mercado

Aproveitando que o assunto é experiência, é essencial que você se qualifique para o mercado, a fim de conseguir seguir a dica anterior. Isso porque, mesmo que você tenha uma ótima formação acadêmica, principalmente se for em uma área diferente da que você quer atuar como freelancer, ela pode não valer muito para os contratantes. 

Por exemplo, suponha que você tem formação em jornalismo e quer trabalhar com marketing de conteúdo. A faculdade em alguns casos não dá a você os conhecimentos necessários para essa área, mesmo que tenha certa relação e proporcione outros conhecimentos úteis para tal trabalho. Por isso, o que os clientes querem é que você mostre as competências específicas no serviço oferecido. Assim, você comprova que consegue fazer uma entrega de qualidade. 

Com relação às qualificações técnicas, hoje em dia é muito fácil achar cursos gratuitos — ou por um preço bem acessível — na internet. A Universidade Rock Content, por exemplo, disponibiliza todas as suas certificações de forma gratuita. Além dela, há a Udemy, com diversos cursos de baixo custo e importantes para inúmeras áreas que dão a possibilidade de atuação como freelancer.

Saiba quando aceitar ou recusar um trabalho para freelancer

Os profissionais autônomos têm uma grande liberdade com relação a quais trabalhos pegar. Entretanto, no começo da carreira, a maioria não sabe como usar isso, já que, muitas vezes, precisa pegar todos os trabalhos para freelancer que aparecem a fim de conseguir se manter financeiramente. Porém, veja a seguir alguns pontos a se considerar no momento de decidir quando aceitar ou recusar um projeto.

Valor da hora

Digamos que esse mercado é uma caixinha de surpresas, e você nunca sabe como vai ser pegar um novo trabalho com um novo cliente. Muitas vezes, você faz o orçamento de um projeto com base no tamanho dele. Porém, acontece de, no final das contas, ele ser muito mais trabalhoso do que você imaginou (tomando muito mais do seu tempo), seja por conta das exigências constantes do cliente, seja por conta da complexidade do trabalho. Dessa forma, é possível que ele dê a você mais trabalho do que dinheiro.

Por conta disso, é essencial que você tenha em mente o valor da sua hora, para conseguir verificar se vale a pena continuar com tal cliente ou não. A calculadora freelancer pode ajudar você nessa tarefa.

Contrato

É importante também dar prioridade aos clientes com os quais você pode ter, no caso de projetos maiores, um contrato que especifique quais são suas atribuições e por qual valor. Caso contrário, você pode combinar X serviços por X valor, mas o cliente, com o tempo, exigir mais de você do que o combinado — pelo mesmo preço. Sabe aqueles “favores” que ele pede de vez em quando, que não estavam no acordo? Eles podem se tornar recorrentes e você nem percebe. Atente para isso.

Excesso de trabalho

Outro momento em que você deve avaliar se vale a pena aceitar ou recusar o projeto é quando você já está com muitos clientes recorrentes e “garantidos” e aparece algum trabalho muito bom para fazer, porém que vai exigir bastante do seu tempo. Essa é uma decisão que envolve vários fatores, mas o mais importante é que, se optar por aceitar, você não deixe que isso atrapalhe os trabalhos já em andamento.

Descubra como emitir uma nota fiscal como autônomo

Saber como emitir nota fiscal como autônomo é fundamental para conseguir trabalhos para freelancer. Isso porque muitos clientes hoje em dia pedem essa emissão a fim de ficar em conformidade com a legislação. Muitos profissionais ficam preocupados com isso, pois ainda não são pessoas jurídicas, ou seja, não têm um CNPJ. Porém, saiba que a nota fiscal pode ser emitida por pessoa física.

Para isso, o profissional deve ir até a Prefeitura de sua cidade para se cadastrar como autônomo e adquirir seu número de registro — após pagar uma taxa municipal. Assim, ele estará apto a gerar notas fiscais.

Já se o profissional for MEI, por exemplo, é necessário realizar um credenciamento na Secretaria da Fazenda da cidade dele. Vale ressaltar que cada município apresenta um procedimento diferente com relação a isso e é importante verificar como é feito no seu.

Enfim, neste texto, vimos como conseguir trabalhos para freelancer, fornecendo algumas dicas, como a importância de agregar valor ao seu serviço na hora de fazer um anúncio na Rotamáxima Partners. Além disso, abordamos como deixar seu anúncio mais atrativo, como adquirir experiência e mostrá-las na hora da divulgação do serviço, quando recusar clientes e como emitir nota fiscal a fim de se adequar à lei.

Esperamos que as informações tenham sido úteis para você. E aí? Bora fazer o seu cadastro como Freelancer na Rotamáxima ?